BM-RS Ação integrada localizou foragido que tirou a vida de agente da Susepe em Porto Alegre

Atualizado: há 3 dias

Nesta quarta-feira (9) a ação conjunta entre Brigada Militar e Polícia Civil resultou na prisão de todos os envolvidos na fuga do detento que culminou na morte do agente da Susepe Clóvis Antônio Ronan, na segunda-feira (7/6), em Caxias do Sul.

Na segunda-feira, o veículo e o armamento utilizado pela organização criminosa foram apreendidos. E após 48 horas do fato, na manhã da quarta-feira, as forças de segurança prenderam os indivíduos. Na ação, constatou-se que o autor da morte do agente penitenciário foi encontrado sem vida.

Em coletiva de imprensa, o Comandante-Geral da Brigada Militar, Coronel Vanius Cesar Santarosa enfatizou: “Quando grupos criminosos tentam resgatar criminosos, é uma afronta ao sistema de segurança, mas a integração que existe entre os órgãos de segurança pública não vai permitir. Sempre vamos fazer uma resposta a altura da audácia que esses grupos criminosos promovem.”


O último integrante da organização criminosa que dirigiu o veículo, proporcionando a fuga de Guilherme Fernando Mendonça Huff, confrontou com as guarnições da Brigada Militar na noite desta quarta-feira (10/6), em Caxias do Sul, foi ferido e não resistiu aos ferimentos e veio a óbito ainda no local dos fatos.



Fonte: Comunicação social da Brigada Militar.


Atualizado em 14/06 às 15h16.