BM-RS e PC deflagraram Operação Forças Integradas para cerco a crimes contra a vida

Com o objetivo de manter o decréscimo observado nos indicadores criminais ao longo dos últimos dois anos, sobretudo os crimes violentos letais intencionais (homicídios, latrocínios e feminicídios), a Brigada Militar e a Polícia Civil deflagram, nesta quarta-feira (14/7), com apoio da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), a Operação Forças Integradas.

Operação Forças Integradas

Lançada na Academia de Polícia Militar (APM), a Operação vai intensificar a presença policial preventiva, repressiva e investigativa em bairros de Caxias do Sul, Passo Fundo, Porto Alegre e pontos da Região Metropolitana, a partir da estratégia de foco territorial do Programa RS Seguro.

A ofensiva terá a atuação de policiais militares de quatro Batalhões de Polícia de Choque (1º BPChq, 2º BPChq, 3º BPChq e 4º BPChq), das Forças Táticas das unidades operacionais das cidades alvo, simultaneamente com efetivos dos Comandos de Policiamento da Capital (CPC) e Metropolitano (CPM), da Serra e do Planalto.


Haverá ainda apoio de integrantes do 6º BPChq, de Uruguaiana, e a participação de alunos-soldados, que serão empregados em estágio operacional nos finais de semana em pontos de visibilidade.


"Desde as primeiras horas da manhã a Polícia Civil tem atuado, em apoio a Operação, coordenada pela SSP, e até o momento já temos 14 presos nesta atuação" disse a chefe de Polícia, delegada Nadine Farias Anflor.

A estratégia é intensificar a integração entre as forças de segurança na aplicação prática de recursos policiais, dentro do planejamento do Programa RS Seguro. O intuito da Operação é aumentar a eficiência do trabalho de policiamento, bem como a busca por informações que qualifiquem as investigações em curso.


" Desde já em nome da corporação Brigada Militar agradeço o empenho de todos, em ações como essa, quem ganha é a sociedade gaúcha. Estaremos juntos durante o mês de julho, com o foco na redução dos indicadores criminais e principalmente nos crimes contra a vida, comandante-geral da BM, coronel Vanius Cesar Santarosa.


No evento estiveram presentes o Comandante-Geral da BM, Coronel Vanius Cesar Santarosa, a Chefe de Polícia, Delegada de Polícia Nadine Tagliari Farias Anflor, o Subcomandante-Geral, Coronel Cláudio Dos Santos Feoli, o Comandante do Comando de Policiamento da Capital, Coronel Fernando Gralha Nunes, o Comandante do CPChq Coronel André Ilha Feliú e demais convidados.