BM-RS Operação Lagunar: BM apresenta resultados da ação em Rio Grande

No final da tarde desta segunda-feira, 11 de abril, o Comandante do CRPO-SUL (Comando Regional de Polícia Ostensiva - Sul), Tenente-coronel Cláudio de Azevedo Goggia, apresentou os dados da Operação Lagunar, deflagrada pela Brigada Militar no município de Rio Grande, assim que desavenças entre grupos rivais do tráfico de drogas elevaram o número de homicídios locais, no início deste ano.




Ao todo, já foram presas 546 pessoas e recolhidas das ruas 133 armas de fogo, número que já superou o total do ano inteiro de 2021. Foram apreendidos, ainda, em torno de 28kg de maconha, 15kg de cocaína, 4,1kg de crack, skank e mais de 1,1 mil comprimidos de ecstasy.


Ainda foram recuperados, apenas na cidade, 20 veículos furtados ou roubados. Com as ações intensas da BM, o número de crimes contra o cidadão tiveram reduções consideráveis em relação ao mesmo período do ano passado: os roubos a transporte público tiveram queda de 72% e os roubos a estabelecimentos comerciais caíram 45%.

Os roubos de veículos também reduziram, são 20% a menos em 2022, e o roubo a pedestre caiu mais de 10%. Os dados são compilados pelo 6º Batalhão de Polícia Militar, responsável pelo policiamento ostensivo em Rio Grande, mas envolvem as ações de todas as unidades da Brigada Militar envolvidas na ação: Comando Regional de Polícia Ostensiva Sul, Comado de Polícia de Choque, Comando Rodoviário da Brigada Militar, Comando Ambiental, Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e Batalhão de Aviação (BAvBM).


A Operação Lagunar é uma ação concentrada da Brigada Militar com foco na prevenção aos crimes violentos, ocasionados pelo conflito entre grupos rivais de traficantes de drogas na cidade, e não tem previsão para encerrar.