CBMPB realiza Curso de Abordagem Técnica a Tentativas de Suicídio no Rio Grande do Norte


Como forma de padronizar as ações realizadas no atendimento às Tentativas de Suicídio em todo o país, bombeiros militares buscam adquirir e atualizar seus conhecimentos para executarem da melhor forma as técnicas indicadas para este tipo de situação. Através da parceria firmada entre as coirmãs, o Corpo de Bombeiros Militar da Paraíba (CBMPB) iniciou nesta segunda-feira (26) o Curso de Abordagem Técnica a Tentativas de Suicídio (CATTS), que está sendo desenvolvido no Estado vizinho e tem como público alvo uma turma de militares do Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Norte (CBMRN).



Esta padronização das técnicas de abordagem foi aprovada pela LIGABOM, passando a ser aplicada em todo o país. A uniformização destas ações se faz imprescindível para tornar possível o estabelecimento da relação com o tentante, garantindo assim a humanização neste tipo de ocorrência.


O CATTS tem como objetivo geral proporcionar a capacitação dos bombeiros militares para atuarem como abordador técnico em ocorrências desta natureza e possui uma carga horária total de 60 horas/aula. A equipe de instrutores coordenada pelo tenente-coronel Erik é composta por militares do CBMPB que são especialistas em Abordagem Técnica a Tentativas de Suicídio e por civis convidados.


Para a realização do curso foram observadas e atendidas as exigências relativas à prevenção da Covid-19, para garantir a segurança de alunos e instrutores. A capacitação possui conteúdo teórico e prático, além de um simulado operacional que será realizado no Quartel do Comando Geral do CBMPB onde será encenada a abordagem semelhante ao que é executado diante de uma ocorrência real.



Para o tenente-coronel Erik, esta oportunidade gerada através da parceria entre a Paraíba e o Rio Grande do Norte traz bons frutos que resultarão em 22 novos especialistas que atuarão de uma maneira humanitária nas ocorrências. “Por meio dos conhecimentos que serão repassados durante esta semana, mais militares estarão formados como abordadores e poderão ajudar a salvar vidas de pessoas no extremo momento de desespero, e ainda atuar como disseminadores de conhecimento no CBMRN.”, concluiu o coordenador do curso.


Fonte: 5ª Seção do Estado Maior Geral do CBMPB


Posts recentes

Ver tudo

PMPI realiza operações ostensivas em Corrente

Nesse fim de semana, o Comando de Policiamento dos Cerrados realizou operações em sua área, nos turnos da manhã, tarde e noite, com o objetivo de garantir a segurança da população. A ação contou com o