CBMSE amplia projeto SOS Abelhas para o interior em sua quarta edição

Salvar e proteger a natureza. Esse é o propósito do Projeto SOS Abelhas, do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Sergipe (CBMSE), que no ano de 2021 chega a sua quarta edição. A novidade nesta etapa é a ampliação do projeto para o interior do Estado. A iniciativa conta com a parceria da Universidade Federal de Sergipe (UFS), do Instituto Federal de Sergipe (IFS), além da Federação e da Associação Sergipana de Apicultores.


‘Nós tivemos a ampliação para os municípios de Estância, Lagarto e Itabaiana. Essa é uma necessidade porque nesses municípios nós temos unidades operacionais, então vamos aliar o apoio do bombeiro ao trabalho dos apicultores nessas áreas’’, afirmou o tenente José Filho, coordenador do projeto no CBMSE.


Segundo o coordenador, o projeto surgiu em 2018, com a premissa de realizar a captura de enxames que iriam para áreas urbanas, levando riscos à população, e destinar a áreas mais seguras, monitoradas pelos apicultores. O número de enxames capturados vem crescendo a cada ano, totalizando 510. Foram 72 no primeiro ano, 192 em 2019 e 246 em 2020.


O SOS Abelhas ocorre durante todo o ano, sendo dividido em duas fases. Na primeira, são realizados trabalhos preventivos com a distribuição das caixas-isca, que tem o objetivo de evitar que os enxames se alojem em áreas inadequadas. Na segunda fase os bombeiros atuam com apicultores, na captura dos enxames. “A parceria do Corpo de Bombeiros com os apicultores tem a finalidade de promover o fortalecimento da cadeia produtiva do mel em todo o Estado de Sergipe”, concluiu o tenente Filho.






Fonte: Comunicação Social CBMSE.