CNCG discute identidade nacional das Forças Militares de Segurança Pública com Ministério da Justiça


Busca pela identidade nacional das Forças Militares de Segurança Pública, participação na gestão do Fundo Nacional de Segurança Pública, e aprimoramento da metodologia de compartilhamento de informações entre as instituições que compõem o sistema de Segurança Pública e Defesa Social do país. Foram estes os três principais temas discutidos pelo Conselho Nacional de Comandantes-Gerais das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares (CNCG), em uma reunião com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Anderson Torres.


A ocasião aconteceu na manhã desta quarta-feira (30), por videoconferência (foto abaixo), durante a 5ª reunião ordinária do Conselho Nacional de Segurança Pública e Defesa Social. Além do CNCG, o encontro reuniu diversos Conselhos das Forças de Segurança Pública do país.

O coronel Euller Chaves (foto principal acima), presidente do CNCG, cobrou a discussão da Lei Orgânica das Polícias Militares e Corpos de Bombeiros Militares, através do projeto de lei nº 4.363/2001, fortalecendo assim a identidade das instituições. “Também buscamos inclusão dentro do Conselho Gestor do Fundo Nacional de Segurança Pública pois temos uma linha direta de participação na defesa social, conhecendo os critérios e participando da distribuição dos recursos de forma mais enfática e participativa”, pontou o coronel Euller.