Corpo de Bombeiro Militare de Mato Grosso do Sul encerram Operação Panemorfi

Jardim (MS) – Após extinguir as chamas que ameaçavam a fauna e flora na região turística próxima ao Parte Nacional da Serra da Bodoquena, entre os municípios de Jardim e Bonito, nesta quinta-feira (15/07/2021), o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBMMS) deu por encerrada a Operação Panemorfi.

Ao todo, foram 8 dias de Operação. A Corporação empenhou 50 militares, 11 viaturas, duas embarcações, diversos materiais de combate a incêndio florestal, além de utilizar duas aeronaves locadas pelo Governo do Estado.


“A maior parte do incêndio foi controlado praticamente no quarto dia de combate. No entanto, pelo satélite, diariamente surgiam focos de calor. Enviamos equipes para fazer o combate, rescaldo e monitoramento da área atingida. Desde ontem não há registro de novos focos de incêndio na região. Porém, temos bombeiros militares de Jardim que permanecem de prontidão, caso surjam novos incêndios”, disse o Comandante da Operação, Major André.


O comandante da Operação também destacou o apoio local durante o combate. “Recebemos apoio das prefeituras locais de Jardim e de Bonito, além de fazendas e do ICMBIO. Todo esse trabalho conjunto foi fundamental para obtermos êxito em nossos trabalhos”.

Operação Panemorfi (Bonito em Grego)

Início: 08/07/2021 Término: 15/07/2021

Efetivo e estrutura: 50 bombeiros militares.

2 aviões locados pelo Governo do Estado

11 Viaturas

2 embarcações

Total de água utilizado pelas aeronaves: 200.200 litros.

Total de voos: 114

Aérea Total Queimada: 3.862 hectares (Dados do Centro de Proteção Ambiental do CBMMS)

Comandante da Operação: Major André Vitório Munhoz Rosa de Oliveira

Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul

Apoio: Prefeituras Municipais de Jardim e de Bonito, fazendas locais e ICMBIO.