NO PARÁ: Relatório do Corpo de Bombeiros aponta tranquilidade durante feriado prolongado

O relatório final das atividades do Corpo de Bombeiros Militar do Pará e Coordenadoria Estadual de Defesa Civil no âmbito da Operação Independência 2021, realizadas no período de 03 a 07 de setembro, aponta 19 ocorrências sem mortes nas estradas, com 22 pessoas atendidas. Nos balneários foram registradas 267 ocorrências, 5.115 advertências e orientações, e distribuídas 1.007 pulseiras de identificação. Em um público estimado em mais de 209 mil frequentadores, os balneários não registraram nenhum óbito.


Foi o primeiro feriado prolongado após a flexibilização do bandeiramento, em áreas agora classificadas na cor verde, o que significa baixo risco de contaminação pelo novo coronavírus. O Corpo de Bombeiros atuou na Operação com quase 400 militares, 48 viaturas e 52 embarcações.

No sábado (04), a Rodovia BR-316, uma das principais vias de acesso aos balneários, não registrou o fluxo de veículos esperado na barreira de Santa Maria do Pará, informou o 2º tenente Evandro Fábio Aleixo Melo da Silva. Ele acrescentou que “contamos com quatro militares na guarnição de salvamento e três na unidade de resgate, atuando nas áreas próximas à barreira, com suporte básico de primeiros socorros na unidade de resgate e desencarcerador, entre outros materiais de salvamento utilizados para retirada de vítimas presas em ferragens. Além disso, contamos com materiais para combate a incêndios”.

No domingo (05), no município de Salinópolis, na região Nordeste, o fluxo de banhistas também foi reduzido nas praias. A corporação atuou ao lado de outros agentes de segurança pública, “como já é rotineiro nesta gestão. Agimos preventivamente”, ressaltou o coronel Helton Charles Araújo Moraes, titular da Diretoria de Prevenção Social da Violência e Criminalidade (Diprev), da Secretaria de Estado de Segurança Pública e Defesa Social (Segup), que durante a Operação Independência coordenou o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), instalado na Praia do Atalaia.

Cerca de 40 militares atuaram nas praias de Salinópolis, informou o tenente-coronel José Carlos da Silva Farias, subcomandante Operacional do Corpo de Bombeiros Militar e supervisor da Operação Independência. O efetivo realizou ações preventivas na base montada em Salinópolis, juntamente com a Segup. Foi feito monitoramento dos outros locais, para prevenção nas estradas e balneários. “Continuamos a orientar o público quanto às medidas sanitárias e dando esse suporte às pessoas que buscam os balneários do Estado”, frisou o tenente-coronel.

Na Região Metropolitana de Belém a Operação também ocorreu com tranquilidade nos distritos de Outeiro e Mosqueiro. Durante a segunda-feira (06), o tempo fechado e o sol entre nuvens não atraíram muitos banhistas a Mosqueiro. A corporação mobilizou 48 militares, distribuídos por 12 praias da ilha, fazendo ações preventivas e orientando os banhistas, disse o major Marcus Paulo Cartágenes Veloso, subcomandante do 20º GBM e comandante da prevenção em Mosqueiro.

Na terça-feira (07), o distrito de Outeiro atraiu um público abaixo do esperado, relatou o capitão BM Marcelo Santos Ribeiro, comandante das ações preventivas no local, onde atuaram 30 militares nas principais praias. A Operação contou com uma Unidade de Resgate, uma moto aquática e um ônibus para o transporte dos militares. Foram registradas apenas ocorrências sem gravidade. “Foi uma operação sem grandes transtornos, até mesmo no que diz respeito a crianças perdidas, um reflexo do serviço preventivo desenvolvido”, ressaltou o comandante das ações.


FONTE: ASCOM CBMPA


Atualizado às 18h43 em 14/09.