Policiais Militares do Acre participam de Workshop de produção Audiovisual em Brasília

Wellington Mota, Assessoria de Comunicação da PMAC



Participaram do Workshop 50 alunos, de 16 estados da federação. Foto: Cedida.

Durante cinco dias, de 13 a 17 de setembro, os cabos da Polícia Militar do Acre (PMAC), Davi da Silva Barbosa e David Landim da Cunha participaram do I Workshop de Produção Audiovisual Policial, em Brasília. As instruções foram oferecidas pelo Ministério da Justiça, por meio da Secretaria de Operações Integradas (SEOPI) e foram realizadas na Academia Nacional de Polícia Federal (ANP).


As instruções foram ministradas a 50 alunos, de 16 estados da federação, pertencentes as Polícias Militar, Civil, Rodoviária Federal e Federal, tendo como objetivo oferecer noções de fotografia, filmagem, edição e produção de conteúdos audiovisuais, além de disciplinas relacionadas as mídias sociais. Como também, as utilizações das câmeras, lentes, drones e Go Pro, propicias para as atividades de captação das ações policiais.


Leandro dos Santos, conhecido como “Pirata”, tem uma vasta experiência no universo audiovisual, principalmente relacionada as gravações das Forças de Segurança Pública, com produções de vídeos institucionais e do trabalho diário realizado pelas polícias no país. O profissional além da sua produtora, conceituada no mercado e com credibilidade no meio policial, possui sua página “Polícia Brasileira Oficial”, nas redes sociais, em que também divulga seu trabalho.



Os militares acreanos tiveram a oportunidade de gravar com agentes da Divisão de Operações Especiais (DOE), da Polícia Civil do Distrito Federal. Foto: Cedida.

"Acreditamos que esse workshop foi um divisor de águas na segurança pública já que hoje enfrentamos uma guerra informacional. Os participantes do Workshop levam para seus Estados conhecimentos de Produção Audiovisual Policial, e mais que isso, o compromisso de replicar os conhecimentos adquridos, melhorando assim cada vez mais a segurança pública do país em todos os seus aspectos, inclusive o da comunicação audiovisual". Escreveu em sua página no Instagram.


Com mais de sete anos de experiência no audiovisual, David Landim da Cunha, um dos produtores e editores do programa “Polícia 24/7”, no canal da PMAC, no YouTube, falou sobre a experiência única. "O conhecimento adquirido em Brasília servirá como base para novas ideias que vamos colocar em prática, sendo também, uma oportunidade de multiplicarmos aos profissionais da Segurança Pública, auxiliando na divulgação das ações policiais”, disse o cabo.



Os cabos, Landim e Silva Barbosa, representaram a Polícia Militar do Acre no Workshop. Foto: Cedida.

Davi da Silva Barbosa, há mais de 05 anos adentrou no universo do audiovisual, inicialmente por meio da fotografia e posteriormente nas filmagens e edições de vídeos. "Temos que sempre estarmos dispostos a adquirimos novos conhecimentos e essa experiência se tornou única, pois ela proporcionou contato com outros profissionais e assim captarmos novas ideias, que serão propagados aos nossos colegas da corporação”, relatou.