Ações de prevenção e combate à incêndios florestais no setor rural de MS são reforçadas


O secretário Jaime Verruck, da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) detalhou às entidades do setor rural sul-mato-grossense e ongs na manhã desta quarta-feira (5) o conjunto de ações do Governo do Estado para a prevenção e combate aos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul realizadas no âmbito da Semagro, do Imasul, do Corpo de Bombeiros Militar e das Defesa Civil.


A reunião foi coordenada e atendeu à solicitação da Famasul, com a participação do Senar, Sindicato Rural de Corumbá, Sodepam, SOS Pantanal, Embrapa Pantanal, Sociedade Rural Brasileira e outras entidades ligadas ao meio ambiente e agronegócio do Estado. Também participou o Tenente-Coronel Waldemir Moreira, do Corpo de Bombeiros Militar de MS, que assume a função de Assessor Militar da Semagro.


“O governador Reinaldo Azambuja autorizou investimentos em equipamentos e infraestrutura no valor de R$ 56 milhões para o ano de 2021. Além disso, avançamos de forma significativa em termos de organização e planejamento das atividades de combate e prevenção por meio do Plano Estadual de Manejo Integrado do Fogo (PEMIF), que é uma ferramenta inovadora em nosso Estado.


Há poucos dias, o Corpo de Bombeiros formou uma turma de 150 homens para o manejo integrado do fogo e lançamos o Plano de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais no Pantanal, que consiste na preparação das equipes, reconhecimento das áreas e estratégias das operações por terra, água e ar”, informou o secretário Jaime Verruck.


Os R$ 56 milhões em investimentos para o combate e prevenção a incêndios florestais envolvem a aquisição de 12 caminhões para transporte; 13 caminhões-tanque; 1 aeronave AirTractor 802F; construção de dois quarteis, sendo um em agua Clara, com aeródromo específico para o combate de incêndios e outro em Ribas do Rio Pardo.


Na reunião, a Famasul, o Senar, SOS Pantanal e demais representantes do setor rural e ongs também apresentaram as ações no âmbito de cada segmento para prevenção aos incêndios florestais em Mato Grosso do Sul ao longo de 2021.


Fonte: Comunicação Social CBM-MS


Atualizado em 06/05 as 15:10.