TECNOLOGIA: Polícia Militar da Paraíba avança e aprova Regulamento Interno de Segurança Cibernética

A Polícia Militar da Paraíba dá mais um passo importante na tecnologia e na segurança da instituição. É que na noite desta quarta-feira (28) foi publicado no Boletim Interno da corporação nº 083, o Regulamento Interno de Segurança Cibernética da PMPB. O objetivo da publicação é regular as ações de segurança cibernética da instituição para prevenir invasão de dispositivos eletrônicos, perdas, roubos, vazamento ou falsificação de dados, além de verificar fragilidades e apontar soluções para as demandas apresentadas, entre outros serviços.


A Resolução nº 003 de 2021 foi assinada pelo comandante-geral da PM, o coronel Euller Chaves, e também prevê a criação da Comissão Permanente de Segurança Cibernética (CPCiber), a elaboração de normas técnicas sobre o assunto para regular a matéria, e a Diretriz-Geral de Segurança Cibernética. Esta última deverá estabelecer normais gerais para segurança cibernética, resposta à incidentes cibernéticos, procedimentos e modelos para elaboração de planos de segurança, padronização, política de privacidade institucional, entre outros. A Resolução desta quarta-feira foi criada no âmbito da Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) nº 13.709, de 2018, do governo federal.


“Este é mais um passo importante e diferencial que a Polícia Militar da Paraíba dá em direção ao fortalecimento das nossas ações no âmbito digital, que estão nos bastidores das nossas atividades policiais e administrativas. Além disso, trazemos mais segurança para as informações que produzimos, bem como as que dispomos sobre segurança pública, e sobre a nossa intranet que é uma das mais avançadas do país, e auxilia no gerenciamento dos nossos recursos humanos, operacionais e logísticos todos os dias. Todo esse processo se alinha a agenda do governo da Paraíba no âmbito digital e da segurança de informação”, disse o coronel Euller.



A criação da regulamentação foi acompanhada pelo Estado-Maior Estratégico da corporação (EME), Diretoria de Gestão de Pessoas (DGP), pelo tenente-coronel Arnaldo Sobrinho, e teve como relator o capitão Handerson Gleber (foto acima).

Posts recentes

Ver tudo

PMPI realiza operações ostensivas em Corrente

Nesse fim de semana, o Comando de Policiamento dos Cerrados realizou operações em sua área, nos turnos da manhã, tarde e noite, com o objetivo de garantir a segurança da população. A ação contou com o