CBMMG participa da campanha "Maio Amarelo 2021"

No mês de maio, a campanha educativa mundial “Maio Amarelo”, promovida pelo Departamento de Trânsito de Minas Gerais (DETRAN/MG), foi iniciada. O Maio Amarelo, movimento que ganhou forma no Brasil a partir de 2014, é uma parceria entre entidades do Sistema Nacional de Trânsito, órgãos públicos, empresas privadas e sociedade civil.


O mês se tornou referência mundial para as ações que visam reduzir o número de vítimas no trânsito. Em 2011, a Organização das Nações Unidas (ONU) decretou a “Década de Ação para Segurança no Trânsito”. Na ocasião, governos de todo o mundo se comprometeram a adotar medidas para prevenir os acidentes no trânsito, que matam mais de 1 milhão de pessoas por ano.


Acidentes de trânsito ainda são um grande problema de saúde pública, com amplas consequências sociais e econômicas. Devido a isso, a ONU definiu 2021 como a marca do início da “Segunda Década de Ação pela Segurança no Trânsito”, cuja meta é a redução de, pelo menos, 50% de lesões e mortes no trânsito no mundo inteiro. O amarelo foi escolhido porque a cor simboliza atenção e a sinalização de advertência no trânsito.


No último dia 3, na Praça da Liberdade, em Belo Horizonte, ocorreu uma blitz educativa sobre o movimento “Maio Amarelo 2021”. Houve a participação e interação do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais, tendo em vista a crescente necessidade de articulação pública, visando a redução de acidentes e conscientização da população. O movimento teve por objetivo fazer com que a sociedade reflita sobre a segurança viária. A realização da blitz baseou-se nas recomendações contidas na Resolução nº 806/2020 do Conselho Nacional de trânsito (CONTRAN).


Além do Corpo de Bombeiros, participaram da blitz educativa os seguintes órgãos: Empresa de Transportes e Trânsito de Belo Horizonte (BHTRANS), Polícia Civil, Polícia Militar, Guarda Civil Municipal, Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT) e o Centro de Ensino Técnico de Trânsito (CENTEC). Foram abordados vários pedestres e condutores de veículos automotores (bicicletas, motocicletas, veículos de passeio, caminhões e ônibus).





Fonte: Comunicação Social - Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.