Ofensiva da PMCE resulta na apreensão de 14 armas, drogas e seis presos em Itapipoca - CE

Atualizado: 5 de fev.

Em uma grande operação realizada desde as primeiras horas desta sexta-feira (4), a Polícia Militar do Ceará (PMCE) apreendeu 14 armas de fogo, entre elas, uma pistola israelense e uma austríaca. Parte do arsenal estava em baldes enterrados em uma pocilga e em outras partes de uma fazenda. A ofensiva ocorreu na localidade de Mucambo de Baixo, na cidade de Itapipoca – Área Integrada de Segurança 17 (AIS 17) do Ceará. Além das armas, cerca de 92 quilos de maconha foram apreendidos e seis pessoas foram capturadas.

O trabalho, conduzido por policiais do Batalhão Especializado de Policiamento do Interior (BEPI) da PMCE, iniciou após denúncias sobre uma fazenda utilizada para armazenamento de armas de fogo, munições e entorpecentes. De posse das informações, os policiais militares se deslocaram à propriedade para averiguar as informações.

No local, foi preso José Adriano Teixeira de Sousa (40), conhecido como “Maninho”. O suspeito tem antecedentes por um homicídio doloso e três por porte ilegal de arma de fogo. Na ocasião, ainda foram capturados Paulo Maciel Pinheiro Adriano (34), com antecedentes por sequestro e cárcere privado; dois irmãos gêmeos identificados como Andson Teixeira dos Santos (22) e Anderson Teixeira dos Santos (22), Joelmo de Sousa (25) e José Jones Teixeira de Sousa (27).


No interior do imóvel, os policiais militares localizaram um sniper 4×32, 10 pistolas com calibres 9 milímetros, 380 mm, 938 mm e cal. 40, um rifle e duas espingardas. O armamento foi encontrado dentro de baldes enterrados em locais como uma pocilga. Além das armas, foram apreendidas 1.573 munições, três facas, quatro relógios, quatro celulares, dois rádios-comunicadores, cinco balanças, oito unidades de fitas para empacotamento e seis rolos de PVC.



Ainda no local, 92kg de maconha embalados e 136mil e 115 reais foram apreendidos. Diante disso, o material e o grupo foram encaminhados à Delegacia de Narcóticos (Denarc) – unidade da Polícia Civil do Estado do Ceará (PC-CE). Os suspeitos foram autuados por associação criminosa, tráfico de drogas, associação para o tráfico e posse ou porte iegal de arma de fogo. Apurações apontam ainda que José Adriano é suspeito de integrar um grupo criminoso e é investigado pelos crimes de receptação e lavagem de dinheiro. O homem, inclusive, já havia sido autuado pelo mesmo crime em 2018, durante uma investigação conduzida pela Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (Draco). A ofensiva contou com apoio da Força-Tarefa Susp de Combate ao Crime Organizado.

Denúncias

A Denarc conta com canais de comunicação direta de denúncias por meio dos quais a população pode compartilhar informações que tenha conhecimento acerca do tráfico de drogas no Ceará. As informações podem ser repassadas pelo número da Denarc: (85) 3472-1560, que é WhatsApp, por onde podem ser enviadas mensagens de texto, áudio, além de imagens e vídeos. Ela também está no Instagram pelo perfil @denarc_pcce.

Fonte: Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social

Assessoria de Comunicação da PMCE